IX Workshop APECS Portugal

workshop apecs portugal

   O IX Workshop APECS Portugal decorreu na Universidade de Aveiro no dia 26 de Outubro de 2018, inserido na 10ª Conferência Portuguesa de Ciências Polares, com o tema Comunicação de Ciência.

   Comunicar ciência é parte do dia a dia do cientista, apresentando-se na forma de conferências científicas, palestras em escolas, redes sociais e comunicação com orgãos políticos. O público interessado em ciência é cada vez mais diverso, o que requer adaptação do discurso por parte do cientista.

(Ver Galeria)

Oradores convidados

Natalie Carter

   Durante o seu Mestrado na Universidade de Guelph no Canadá, a Natalie Carter liderou investigação multidisciplinar no melhoramento da saúde e bem-estar de crianças desfavorecidas no Quénia. Mais tarde, foi convidada a participar num projeto com o objectivo de melhorar a qualidade de vida de agricultores e o seu gado em vilas remotas no Uganda. Daqui, Natalie completou o seu doutoramento na mesma universidade, coordenando a formação de oficiais de governo e agricultores baseada em resultados científicos, e investigando as opiniões e experiências de agricultores no Uganda. 

   Querendo fazer investigação com base em comunidades no Canadá, a Natalie começou a trabalhar com comunidades remotas no Ártico. Desde 2016, tem sido Líder de Investigação na Comunidade em dois projetos, Arctic Corridors and Northern Voices, e conhecimento Inuit sobre o impacto do ganso-das-neves e recomendações de gestão em Nunavut. Nestes projetos, a Natalie envolve ativamente Inuit e outros nórdicos no desenvolvimento de estratégias de gestão relacionadas com medidas políticas marinhas, e co-gestão da vida selvagem. A Natalie passa grande parte do seu tempo em comunidades do Canadá Artico trabalhando com organizações locais, jovens, adultos e idosos para reforçar a capacidade jovem, em co-constução de projetos, e documentação do conhecimento indígena.

Copyright: Martina Buchholz/Alfred Wegener Institute

Kirstin Werner

   Desde 2016, Kirstin Werner faz parte do Gabinete de Coordenação Internacional do projeto Year of Polar Prediction, com base no Alfred Wegener Institute (AWI) Helmholtz Centre for Polar and Marine Research em Bremerhaven, Alemanha. Antes desta posição, a Kirstin completou o seu doutoramento focado nas alterações temporais de transporte oceânico de calor no Oceano Ártico. Kirstin passou vários anos fazendo pós-doutoramento nos Estados Unidos e, recentemente, completou o seu mestrado enquanto coordenadora no AWI em Marketing de Ciência pela Universidade Técnica de Berlim.

José Xavier

   José Xavier, doutorado na Universidade de Cambridge, é professor auxiliar na Universidade de Coimbra e na British Antarctic Survey (Reino Unido). Desde 1997 que José estuda ecologia do Oceano Antártico, contando já com 10 expedições. José é o dirigente da delegação de Portugal nas reuniões consultivas do Tratado da Antártida (Antarctic Treaty Consultative Meetings – ATCM) e membro coordenador de vários programas de investigação do Comité Científico de Investigação Antártida (Scientific Committee on Antarctic Research – SCAR). Além disso, José é o cientista mais jovem a receber um prémio de alto prestígio em ciência e política na Antarctida: Tinker-Muse Prize. Este ano, José recebeu com muito orgulho o prémio de mentor APECS Internacional.

Pedro Pombo

   Pedro Pombo é diretor da Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro, docente no Departamento de Física da Universidade de Aveiro e especialista em holografia, comunicação de ciência e ensino de Física. Nestas áreas, Pedro desenvolve investigação de técnicas holográficas, holografia educacional, bem como exposições e centros de ciência, e realiza investigação no tema da compreensão pública da ciência e tecnologia, incluindo estratégias para o ensino experimental da física. Neste âmbito, Pedro é autor de um capítulo de livro, três manuais escolares, e mais de 50 publicações em revistas nacionais e internacionais. Foi coordenador de três projetos europeus, nove exposições, e 29 projetos nacionais nas áreas ciência e sociedade e ensino da física. Além disso, Pedro conta com 9 prémios europeus em comunicação de ciência.

Vítor Paiva

   Vítor é Doutorado em Biologia com especialidade em Ecologia pelas Universidade de Coimbra e Universidade de Kiel. Atualmente, é investigador sénior no MARE-Marine and Environment Research Centre (Universidade de Coimbra). A sua investigação tem foco na área da ecologia espacial, alimentar e trófica de aves marinhas e estuarinas, com relevância para o impacto das alterações climáticas e sobrepesca na biodiversidade marinha. A sua investigação baseia-se no estudo da ecologia espacial de aves marinhas habitando o Mar do Norte e Oceanos Atlântico, Índico e Antártico, utilizando diferentes tecnologias de seguimento remoto. Através de análises de isótopos estáveis, por exemplo, Vítor estuda a ecologia trófica destes predadores de topo e o seu papel nas teias alimentares dos ecossistemas que habitam, mantendo o seu equilíbrio, funcionalidade e prevenindo eventos disruptivos. É devido à compilação de uma base de seguimento de espécies a longo termo, que Vítor investiga questões ecológicas mais abrangentes como o impacto de ações antrópicas no ambiente marinho (e.g. pescas, alterações climáticas ou poluição) no uso do mar pelas aves marinhas. Muito deste trabalho tem tido relevância na conservação da biodiversidade marinha, através do suporte científico para a fundamentação, delimitação e implementação de áreas marinhas protegidas (MPAs).

Paulo Sérgio Santos

   Paulo Sérgio Santos desenvolve, atualmente, conteúdo científico na área da Medicina para a empresa portuguesa Take The Wind. Ao mesmo tempo, é doutorando em Ciências da Comunicação na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (UC), onde tem dado aulas e efetua pesquisa sobre jornalismo de ciência e comunicação de ciência, para além de manter interesse na área do comportamento animal, em especial com primatas. Licenciado em Biologia, tem dois Mestrados, em Ecologia (especialização em Ecologia Aplicada) e em Ensino de Biologia e Geologia, graus obtidos pela Faculdade de Ciências e Tecnologia da UC. Foi, ainda, editor de Ciência e Tecnologia, editor ‘online’ e diretor do Jornal Universitário de Coimbra – A Cabra, diretor da revista Via Latina, editor de informação na Rádio Universidade de Coimbra e assessor de comunicação da Faculdade de Medicina da UC.

Natalie Carter

   Durante o seu Mestrado na Universidade de Guelph no Canadá, a Natalie Carter liderou investigação multidisciplinar no melhoramento da saúde e bem-estar de crianças desfavorecidas no Quénia. Mais tarde, foi convidada a participar num projeto com o objectivo de melhorar a qualidade de vida de agricultores e o seu gado em vilas remotas no Uganda. Daqui, Natalie completou o seu doutoramento na mesma universidade, coordenando a formação de oficiais de governo e agricultores baseada em resultados científicos, e investigando as opiniões e experiências de agricultores no Uganda. 

   Querendo fazer investigação com base em comunidades no Canadá, a Natalie começou a trabalhar com comunidades remotas no Ártico. Desde 2016, tem sido Líder de Investigação na Comunidade em dois projetos, Arctic Corridors and Northern Voices, e conhecimento Inuit sobre o impacto do ganso-das-neves e recomendações de gestão em Nunavut. Nestes projetos, a Natalie envolve ativamente Inuit e outros nórdicos no desenvolvimento de estratégias de gestão relacionadas com medidas políticas marinhas, e co-gestão da vida selvagem. A Natalie passa grande parte do seu tempo em comunidades do Canadá Artico trabalhando com organizações locais, jovens, adultos e idosos para reforçar a capacidade jovem, em co-constução de projetos, e documentação do conhecimento indígena.

Kirstin Werner

Copyright: Martina Buchholz/Alfred Wegener Institute

   Desde 2016, Kirstin Werner faz parte do Gabinete de Coordenação Internacional do projeto Year of Polar Prediction, com base no Alfred Wegener Institute (AWI) Helmholtz Centre for Polar and Marine Research em Bremerhaven, Alemanha. Antes desta posição, a Kirstin completou o seu doutoramento focado nas alterações temporais de transporte oceânico de calor no Oceano Ártico. Kirstin passou vários anos fazendo pós-doutoramento nos Estados Unidos e, recentemente, completou o seu mestrado enquanto coordenadora no AWI em Marketing de Ciência pela Universidade Técnica de Berlim.

José Xavier

   José Xavier, doutorado na Universidade de Cambridge, é professor auxiliar na Universidade de Coimbra e na British Antarctic Survey (Reino Unido). Desde 1997 que José estuda ecologia do Oceano Antártico, contando já com 10 expedições. José é o dirigente da delegação de Portugal nas reuniões consultivas do Tratado da Antártida (Antarctic Treaty Consultative Meetings – ATCM) e membro coordenador de vários programas de investigação do Comité Científico de Investigação Antártida (Scientific Committee on Antarctic Research – SCAR). Além disso, José é o cientista mais jovem a receber um prémio de alto prestígio em ciência e política na Antarctida: Tinker-Muse Prize. Este ano, José recebeu com muito orgulho o prémio de mentor APECS Internacional.

Pedro Pombo

   Pedro Pombo é diretor da Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro, docente no Departamento de Física da Universidade de Aveiro e especialista em holografia, comunicação de ciência e ensino de Física. Nestas áreas, Pedro desenvolve investigação de técnicas holográficas, holografia educacional, bem como exposições e centros de ciência, e realiza investigação no tema da compreensão pública da ciência e tecnologia, incluindo estratégias para o ensino experimental da física. Neste âmbito, Pedro é autor de um capítulo de livro, três manuais escolares, e mais de 50 publicações em revistas nacionais e internacionais. Foi coordenador de três projetos europeus, nove exposições, e 29 projetos nacionais nas áreas ciência e sociedade e ensino da física. Além disso, Pedro conta com 9 prémios europeus em comunicação de ciência.

Vítor Paiva

   Vítor é Doutorado em Biologia com especialidade em Ecologia pelas Universidade de Coimbra e Universidade de Kiel. Atualmente, é investigador sénior no MARE-Marine and Environment Research Centre (Universidade de Coimbra). A sua investigação tem foco na área da ecologia espacial, alimentar e trófica de aves marinhas e estuarinas, com relevância para o impacto das alterações climáticas e sobrepesca na biodiversidade marinha. A sua investigação baseia-se no estudo da ecologia espacial de aves marinhas habitando o Mar do Norte e Oceanos Atlântico, Índico e Antártico, utilizando diferentes tecnologias de seguimento remoto. Através de análises de isótopos estáveis, por exemplo, Vítor estuda a ecologia trófica destes predadores de topo e o seu papel nas teias alimentares dos ecossistemas que habitam, mantendo o seu equilíbrio, funcionalidade e prevenindo eventos disruptivos. É devido à compilação de uma base de seguimento de espécies a longo termo, que Vítor investiga questões ecológicas mais abrangentes como o impacto de ações antrópicas no ambiente marinho (e.g. pescas, alterações climáticas ou poluição) no uso do mar pelas aves marinhas. Muito deste trabalho tem tido relevância na conservação da biodiversidade marinha, através do suporte científico para a fundamentação, delimitação e implementação de áreas marinhas protegidas (MPAs).

Paulo Sérgio Santos

   Paulo Sérgio Santos desenvolve, atualmente, conteúdo científico na área da Medicina para a empresa portuguesa Take The Wind. Ao mesmo tempo, é doutorando em Ciências da Comunicação na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (UC), onde tem dado aulas e efetua pesquisa sobre jornalismo de ciência e comunicação de ciência, para além de manter interesse na área do comportamento animal, em especial com primatas. Licenciado em Biologia, tem dois Mestrados, em Ecologia (especialização em Ecologia Aplicada) e em Ensino de Biologia e Geologia, graus obtidos pela Faculdade de Ciências e Tecnologia da UC. Foi, ainda, editor de Ciência e Tecnologia, editor ‘online’ e diretor do Jornal Universitário de Coimbra – A Cabra, diretor da revista Via Latina, editor de informação na Rádio Universidade de Coimbra e assessor de comunicação da Faculdade de Medicina da UC.